Micro Wedding na Fazenda: Cássia e Joel

Cássia e Joel realizaram o sonho da vida deles com amor e simplicidade. É a prova de que a beleza está nas coisas simples da vida. Já conhecia a história dessa minha amiga tão querida, que me narrava quase em tempo real, e sempre que surgia uma dúvida, ela vinha pedir conselhos. rs Me emocionei com o casamento e sorria a cada foto! Inspire-se com o “micro wedding” de Cássia e Joel!

Em 2015, Cássia e Joel decidiram se casar no ano seguinte. Já teriam completado 4 anos de um namoro que enfrentava as dificuldades da distância, mas que compensava com a alegria dos encontros mensais. Eles acreditavam que 1 ano seria tempo suficiente para juntar a grana para planejar tudo, encontrar casa e emprego, decidir onde morar. Eles estavam divididos entre Piumhi e Ouro Branco “ou onde Deus quisesse”.

Com o passar do tempo, e nada de emprego ou novidades, começaram o planejamento do casamento. A ideia era de uma festa para parentes e amigos para celebrarem juntos esse momento tão importante. Mas logo veio a primeira dificuldade: a lista já passava de 300 convidados! Sem contar muitos nomes que ainda faltavam… Segunda bomba: não sabiam o que fazer para receber amigos e familiares que eram de outra cidade. A partir daí, tiveram que repensar muitas coisas.

Orçamentos e conversas nervosas, como a própria Cássia conta: “Meu pai e meu noivo faziam questão da festa. Meu pai se ofereceu a fazer um almoço no sítio e eu ficaria somente com as minhas despesas, as despesas da noiva.” Mas toda mulher que já casou ou está noiva sabe que “despesas da noiva” incluem um milhão de itens que já deixa a gente doidinha só de pensar! rsrs Vestido de noiva, maquiagem, foto, decoração… E começou a fazer os orçamentos. “Escolhi um vestido lindo! Apaixonante para um casamento de dia, do jeito que eu queria. Meu coração se encheu de alegria! Até ouvir o valor: “Mil reais.” É um valor razoável quando se trata de vestidos de casamento. E começou a fazer as contas: 1000 reais no vestido, 3 mil reais com fotografia…. “Nem olhei mais nada. Com esses valores, convenci meu pai e meu noivo que o melhor era não fazer festa. Foi uma decisão muito difícil!”

Cássia conta que já tinha aceitado sair da zona de conforto. Mudaria de cidade, deixaria o emprego que gostava em busca de outro. Mas casar sem anunciar, sem festa, sem comemoração… isso sim estava sendo muito difícil! Por várias vezes, eles tentaram fechar contratos dentro do orçamento que tinham planejado. Depois de 3 ou 4 vezes, chegaram à conclusão de que ou faziam a festa do casamento ou montavam a casa. Muitas pessoas chegaram a dizer que ela se arrependeria, mas ela sempre foi mais razão do que emoção. “Preferia adiar o sonho e viver uma vida financeira em paz. Por outro lado, muitas pessoas nos apoiaram.” Ela diz que o maior medo dela era a frase: “Quando a dívida entra pela porta, o amor sai pela janela.”cassiajoel_076

Marcaram o casamento civil para o dia 5 de agosto. Cássia conta que tinha vontade de gritar para o mundo que iria se casar! “Eu queria um outdoor na avenida principal.” Mas no fundo, ela não estava tão feliz assim. Contou sobre o casamento civil somente para os mais chegados. Foram muito questionados, disseram que ela não podia fazer isso com os amigos… As pessoas diziam que ela estava desanimada para uma noiva, e ela estava mesmo! Não teve tempo pra nada: trabalhou manhã, tarde e noite, viajou com a família, ainda tinha que procurar casa em Piumhi…

Quando voltou de Piumhi, faltava uma semana para o casamento. “No início de julho, eu e meu noivo recordamos de uma conversa que tivemos no alto da serra de Ouro Branco… passou pela nossa cabeça que seria lindo se pudéssemos nos casal ali, só com a presença dos pais e irmãos. Decidimos procurar meios pra fazer acontecer.cassiajoel_196

Cássia contratou o fotógrafo Pablo Helsi e fecharam o pacote com um mês de antecedência! Chamaram o pastor Gláucio. Acharam um bolo. E o vestido de noiva? Pra felicidade dela, encontrou o vestido dos sonhos! Renda, saia solta, porém, tamanho Barbie… “A loja disse que faria um do meu tamanho por um preço que me agradou. As coisas caminharam de maneira perfeita, que só Deus para dar conta de me ajudar. Viajei, achei minha casa e quando voltei meu vestido estava lá, me esperando! Que emoção” Faltava somente o local. Fizeram orçamento no Hotel Fazenda Pé do Morro de um micro wedding para… 18 pessoas! O gerente achou graça, mas era essa a quantidade, contando com família e equipe!

“Depois de tudo acertado, meu pai trouxe copos-de-leite que minha mãe plantou e ele cuidou para o meu buquê!” Ah, o buquê! Coisa mais linda! Copos-de-leite, rosas e astromélias. As alianças ficaram amarradinhas numa cesta na mesa do pastor. A mesa do bolo tinha frutas, água aromatizada, uma cesta com gypso e flores de casa, um luxo! Os arranjos de flores foram DIY, feitos pela própria noiva! Tem coisa mais linda?cassiajoel_124

Quando cheguei na cerimônia e pude olhar nos olhos de cada um, ver a emoção dos meus pais, meu noivo com cara de bobo, lindo, me esperando… Curtir a música, sentir o vento nos cabelos, a emoção de estar ali… Tudo lindo… Foi mágico!

Eu me apaixonei por esse casamento! Melhor do que contar cada detalhe, é conferir as fotos desse micro wedding tão romântico!

cassiajoel_004cassiajoel_012 cassiajoel_009cassiajoel_025 cassiajoel_060 cassiajoel_020 cassiajoel_042 cassiajoel_053 cassiajoel_057 cassiajoel_066cassiajoel_138 cassiajoel_140 cassiajoel_126cassiajoel_200 cassiajoel_196 cassiajoel_212

Crédito das Imagens: Pablo Helsi (Instagram | Facebook | Website)

Cassinha e Joel, que vocês levem essa delicadeza e simplicidade para o resto da vida! O amor está em olhar nos olhos, em fazer das coisas simples as mais belas! Que vocês sejam muito felizes no caminho que escolheram trilhar!

Quer que sua história de amor apareça aqui no Meu Sonho de Noiva? Envie um e-mail para contato@meusonhodenoiva.com.br !

3 comments

  1. celina pereira da silva disse:

    emocionante.muito linda e com certeza a noiva cacá pensou muito bem nas despezas que lhe causariam casando e fazendo festa.Filha seje muito feliz são os votos de sua tia que te ama.Bjs

  2. Cássia Souza disse:

    Esse casamento foi um sonho! Um sonho de Deus, meu, do meu noivo e das nossas famílias! Tê-lo contado por você de uma maneira tão linda é uma felicidade! Obrigada pelo carinho Thais! Sucesso para o seu blog!
    A felicidade também pode estar nas pequenas coisas, e com certeza estava nesse casamento! Espero inspirar mais noivinhas que como eu não tem fortuna pra fazer festa, é tudo ou nada com os convidados e preza por boas memórias, grandes momentos com a família e pela fé que deve ser o grande pilar do casamento.
    Um abraço carinhoso, Cássia.

Deixe uma resposta para Vilandi de Sousa Oliveira Cancelar resposta